sábado, janeiro 10, 2015

Pai, não é justo!


Foto criada em 2013-09-10 às 13.07
* Texto escrito no dia 9 de janeiro de 2015.
Hoje tem exatamente nove anos de um dos dias mais espetaculares da minha vida. Como toda a vez em que estive diante de uma enorme pressão, há coisas das quais me lembro vivamente e outras das quais tenho apenas flashes. Lembro-me perfeitamente, por exemplo, dos tênis que estava usando. É que passei uma quantidade de tempo que me pareceu infinitamente longa olhando para os meus próprios pés sentado numa cadeira no corredor do hospital. Não, eu não assisti o parto. Gosto de achar que o médico não permitiu. Mas, de verdade, fiquei com muito medo de passar mal e o pessoal do bloco ter de atender a grávida e o marido desfalecido. Em minha defesa, faço constar que o parto foi cesareana e que, portanto, minha ausência não fez muita diferença para a Patrícia.
Ocorreu um erro neste gadget