terça-feira, agosto 25, 2015

Um bom começo de dia

Vindo trabalhar, vi pai e filha tentando cruzar a estrada com suas bicicletas, a filha com uns seis ou sete anos de idade. Parei o carro para que eles passassem e, quando estavam no meio do caminho, a guriazinha passou a abanar em agradecimento.
Bobalhão, andei uns dois quilômetros com um sorriso no rosto. 


2 comentários:

  1. Parabéns Dr.Paulo. Fio feliz em saber que ainda existem pessoas capazes de um pequeno gesto como o seu, e se emocionar com o resultado. Bobalhões, na verdade, são aqueles que por estarem na direção de um veículo, sentem-se os donos do mundo. Sensibilidade não é bobagem.É fundamental para a convivência em sociedade. Mais uma vez, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário, Horácio! Realmente acredito que a felicidade, na maior parte das vezes, está nas pequenas coisas.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget